Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Buser suspende atividades em todo país por causa do coronavírus

Plataforma possui 180.000 usuários mensais e cresce 30% ao mês; a startup ainda não tem previsão de quando retomará as viagens

Por Robson Bonin 19 mar 2020, 17h48

Para ajudar a conter a propagação do coronavírus no país, a Buser anunciou nesta quinta a suspensão de todas as viagens intermediadas pela plataforma a partir deste sábado.

A empresa, que já tinha suspendido viagens entre Rio e São Paulo, esclareceu que irá reembolsar integralmente os usuários que já haviam adquirido reservas.

A startup também informou que fará um plano operacional para auxiliar os parceiros até a retomada dos serviços. Atualmente, a Buser possui 180.000 usuários mensais e cresce 30% ao mês.

O CEO da Buser, Marcelo Abritta, ainda afirmou que apesar da empresa estar inserida no setor de transportes, um dos mais afetados pela crise, não vão pedir nenhum tipo de auxílio ao governo: “Acreditamos que os recursos públicos devem ser destinados à área de saúde.”

Continua após a publicidade

Publicidade