Clique e assine a partir de 9,90/mês
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Evandro Éboli, Mariana Muniz e Manoel Schlindwein. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Brasil gasta 400 milhões de reais a mais que América Latina com burocracia em portos

O volume de documentos exigidos no transporte de cargas no país custa tempo e dinheiro. Um estudo da CNI fez uma média da eficiência dos portos na América Latina e descobriu que o Brasil gasta 24,3 horas para concluir o desembaraço de mercadorias nos portos enquanto que a média na América Latina é de 15,5 […]

Por Da Redação - Atualizado em 8 fev 2017, 10h27 - Publicado em 12 set 2016, 10h21
Boia de salvação para os portos

Muito tempo

O volume de documentos exigidos no transporte de cargas no país custa tempo e dinheiro.

Um estudo da CNI fez uma média da eficiência dos portos na América Latina e descobriu que o Brasil gasta 24,3 horas para concluir o desembaraço de mercadorias nos portos enquanto que a média na América Latina é de 15,5 horas.

No México, um dos mais eficientes entre os países latinos, a média é de 3 horas.

Continua após a publicidade

Toda essa demora tem um preço. De acordo com o estudo, esse ‘extra’ em horas trabalhadas acrescenta 400 milhões de reais ao ano no custo da operação quando comparado com a média da América Latina.

Em relação ao México, esse incremento é de 1,1 bilhão de reais.

Publicidade