Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia e Mariana Muniz. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

‘Bolsonaro tem índole própria de um torturador’, diz Dilma

Presidente ironizou a tortura sofrida pela ex-presidente no período em que foi presa durante a Ditadura

Por Robson Bonin 28 dez 2020, 16h50

A ex-presidente Dilma Rousseff decidiu escrever um artigo para responder Jair Bolsonaro sobre as declarações do presidente nesta segunda, quando colocou em dúvida as torturas sofridas pela petista na Ditadura. Para a petista, Bolsonaro é “um sociopata, que não se sensibiliza diante da dor de outros seres humanos” e, nesse ponto, “não merece a confiança do povo brasileiro”.

O artigo de Dilma é uma resposta a declarações de Bolsonaro nesta segunda. O presidente ironizou a tortura sofrida pela ex-presidente no período em que foi presa durante a Ditadura. A apoiadores, Bolsonaro chegou a cobrar que lhe mostrassem um raio X de Dilma para provar uma fratura na mandíbula. “Dizem que a Dilma foi torturada e fraturaram a mandíbula dela. Traz o raio X para a gente ver o calo ósseo”, disse.

“É triste, mas o ocupante do Palácio do Planalto se comporta como um fascista. E, no poder, tem agido exatamente como um fascista. Ele revela, com a torpeza do deboche e as gargalhadas de escárnio, a índole própria de um torturador. Ao desrespeitar quem foi torturado quando estava sob a custódia do Estado, escolhe ser cúmplice da tortura e da morte”, diz Dilma.

Publicidade