Clique e assine com até 92% de desconto
Radar Por Gabriel Mascarenhas (interino) Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Evandro Éboli, Mariana Muniz e Manoel Schlindwein. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Bolsonaro surpreende ala de puxa-sacos do Planalto

Presidente escolheu um canal ‘proibido’ entre seus admiradores para ver pronunciamento de Donald Trump

Por Robson Bonin Atualizado em 9 jan 2020, 08h02 - Publicado em 9 jan 2020, 07h15

Quem circula pelo Planalto já percebeu. Durante o primeiro ano de governo, alguns assessores mais fanáticos de Jair Bolsonaro adotaram rituais curiosos para puxar o saco do chefe no palácio. O mais bizarro consiste em manter as televisões de alguns gabinetes ligadas apenas em canais adversários da Globo.

“Isso aqui é um banho de Record News e Band News todos os dias”, disse um auxiliar da Casa Civil ao Radar, sob a condição do anonimato.

Ironias das ironias, coube ao próprio Bolsonaro dar um jato de água fria nessa turma nesta quarta, ao acompanhar a transmissão do pronunciamento de Donald Trump.

Apesar de tanta briga e falatório, Bolsonaro foi de GloboNews.

Continua após a publicidade
Publicidade