Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Bolsonaro investe contra política de Queiroga sobre uso de máscara

Medida vai desobrigar o equipamento de segurança para brasileiros que já pegaram coronavírus e para pessoas vacinadas

Por Robson Bonin Atualizado em 10 jun 2021, 18h16 - Publicado em 10 jun 2021, 17h36

Jair Bolsonaro, em discurso no Planalto, diz que acabou de mandar Marcelo Queiroga elaborar um parecer para fundamentar uma medida do governo com objetivo de cancelar a obrigação do uso de máscara por brasileiros vacinados e brasileiros que já tenham contraído o coronavírus.

“Acabei de conversar com um tal de Queiroga, não sei se vocês sabem quem é. Ele vai ultimar um parecer para desobrigar o uso de máscara por parte daqueles que estejam vacinados ou que já foram contaminados, para tirar essa… (fazendo desdém da máscara) esse símbolo”, disse Bolsonaro ao anunciar que havia dado a ordem para o ministro elaborar o documento com objetivo de desobrigar o uso de máscaras a quem já se vacinou ou já teve o vírus.

Na prática, a futura medida, que ignora o risco de reinfecção, será um duro golpe na política implantada por Queiroga para tentar conscientizar a população da importância do uso da proteção contra a propagação do vírus.

 

Continua após a publicidade
Publicidade