Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Bolsonaro ignorou alertas de aliados para que se afastasse de Wassef

Advogado amigo da família presidencial acabou arrastando o escândalo de Fabrício Queiroz para o Planalto

Por Robson Bonin Atualizado em 19 jun 2020, 09h51 - Publicado em 19 jun 2020, 09h14

Não foram poucos os aliados e auxiliares de Jair Bolsonaro que tentaram, ao longo do primeiro ano de governo, afastar o advogado Frederick Wassef do círculo pessoal do presidente.

A cada investida, Bolsonaro garantia ao advogado mais e mais poder no núcleo presidencial, como autonomia para conduzir a defesa de Flávio, ainda que sob forte contrariedade de figuras da comunidade jurídica. Hoje sabe-se o porquê.

ASSINE VEJA

Acharam o Queiroz. E perto demais Leia nesta edição: como a prisão do ex-policial pode afetar o destino do governo Bolsonaro e, na cobertura sobre Covid-19, a estabilização do número de mortes no Brasil
Clique e Assine
Publicidade