Clique e assine a partir de 8,90/mês
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Evandro Éboli, Mariana Muniz e Manoel Schlindwein. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Bolsonaro aposenta Celso de Mello e indica Kássio Nunes

Atos estão no Diário Oficial da União; Próximo ministro do STF deve ser sabatinado pelo Senado

Por Mariana Muniz - Atualizado em 2 out 2020, 12h17 - Publicado em 2 out 2020, 08h24

Está no Diário Oficial desta sexta-feira a indicação do desembargador federal Kassio Nunes Marques para a vaga que será aberta no STF com a aposentadoria do ministro Celso de Mello.

A aposentadoria do decano, que ocorre no próximo dia 13, também está formalizada em um ato publicado e assinado por Jair Bolsonaro.

Em mensagem transmitida ao Senado, também publicada no DOU, o presidente diz que a rapidez na apresentação no nome de Kassio tem a ver com “a necessidade de prévia organização para o funcionamento das deliberações dessa Casa, em virtude do estado de calamidade pública decorrente da pandemia do coronavírus”.

ASSINE VEJA

O novo perfil que Bolsonaro quer para o STF Leia nesta edição: os planos do presidente para o Supremo. E mais: as profundas transformações provocadas no cotidiano pela pandemia
Clique e Assine

Para ser confirmado no cargo, o desembargador terá que passar pela sabatina dos senadores. O que deve ocorrer sem grandes emoções.

Continua após a publicidade
Publicidade