Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Bolsonaristas ameaçam senador na CPI: ‘Vocês irão se arrepender’

Vice-presidente da Comissão Parlamentar de Inquérito, Randolfe Rodrigues recebeu mensagens no celular e pediu investigação da PF

Por Robson Bonin Atualizado em 18 Maio 2021, 10h42 - Publicado em 18 Maio 2021, 10h38

Vice-presidente da CPI da Pandemia, o senador Randolfe Rodrigues revelou nesta terça que integrantes da comissão estão recebendo ameaças por meio de mensagens de celular. O parlamentar reuniu os ataques — disparados por seis números de telefone diferentes — em um ofício e pediu que a CPI acione a Polícia Federal para investigar os autores das ameaças.

Segundo Rodrigues, o número de celular dele foi divulgado em “grupos bolsonaristas” com o “intento de promoverem inúmeras ameaças a este parlamentar, provavelmente por ser voz atuante na presente comissão”.

“Para de prejudicar o Brasil. Nesta vida tudo tem retorno”, diz uma das mensagens enviadas de um celular do Mato Grosso. “Vocês irão se arrepender”, diz outra mensagem de um número de Alagoas.

.
./.

“Trata-se, como se vê, de uma nefasta tentativa de constranger e intimidar este Parlamentar no mais lídimo exercício das amplitudes de seu mandato, especialmente voltado, nesse momento, à proteção do povo brasileiro no tocante à pandemia de coronavírus que vem nos assolando e devastando nossa população e nossa esperança”, diz Rodrigues.

“E, não bastasse o fato de tais agressões serem capituladas como crimes mesmo em situações ordinárias – poder-se-ia falar dos crimes de ameaça (art. 147) ou de perseguição (art. 147-A), por exemplo -, é certo que, num contexto de tentativa de intimidar e de diminuir a amplitude investigativa de uma CPI, o crime é ainda mais específico”, segue o senador.

.
./.
Continua após a publicidade
Publicidade