Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

A República das ameaças e dos podres não revelados do bolsonarismo

Guerra no PSL tem troca de acusações graves; Delegado Waldir e Joice Hasselmann precisam contar o que sabem

Quando a primeira briga no grupo de WhatsApp do PSL vazou, expondo o nível do debate entre as excelências já divididas nessas duas alas que duelam hoje, tudo mundo ficou impressionado.

Agora, depois de tanto barulho diário nas redes, a coisa foi banalizada e ninguém mais se escandaliza com as disputas entre os filhos de Jair Bolsonaro e os deputados do PSL. O que é uma pena.

Não é sempre que o clã presidencial e seu círculo de apoiadores mais próximo nas eleições atravessam dias expondo ameaças veladas, insultos e indicativos de podres maiores escondidos nas entranhas do projeto presidencial que chegou ao poder.

O ex-líder Delegado Waldir diz que ter gravações que poderiam implodir o presidente. A ex-líder Joice Hasselmann diz saber o que os filhos do presidente fizeram no verão passado e joga com supostas práticas criminosas nas redes sociais.

É dever de toda figura pública denunciar práticas não republicanas que eventualmente venha a tomar conhecimento. Ignorar isso é simplesmente prevaricar. Mas, como se vê, a coisa toda foi banalizada mesmo.

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

  1. ATER CRISTOFOLI

    Que a coisa é podre, nunca deu pra esconder, o que surpreende é que mesmo com toda essa malandragem, incoerência e cara de pau da classe política ainda existam pessoas que os defende com paixão religiosa.

    Curtir