Clique e assine a partir de 8,90/mês
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Evandro Éboli, Mariana Muniz e Manoel Schlindwein. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Bionexo e USP lançam sistema para gestão inteligente de medicamentos

Plataforma mapeia itens por unidade hospitalar, permitindo projetar o consumo e a colaboração entre instituições

Por Manoel Schlindwein - Atualizado em 4 jun 2020, 10h50 - Publicado em 4 jun 2020, 10h32

A USP e a Bionexo criaram uma plataforma gratuita para auxiliar hospitais públicos e privados na compra, conservação e uso de suprimentos médicos, evitando desperdícios e estimulando a colaboração entre eles. O objetivo da parceria entre a universidade e a healthtech é atender a população de forma mais assertiva durante a pandemia.

Para tanto, a plataforma analisa o histórico de compras de cada hospital, os dados do seu perfil — taxa de ocupação, quantidade de leitos e ordem de compras, entre outros — e a sua capacidade máxima de consumo, e ao mesmo tempo a demanda por insumos médicos da região em que está inserido.

ASSINE VEJA

As consequências da imagem manchada do Brasil no exterior O isolamento do país aos olhos do mundo, o chefe do serviço paralelo de informação de Bolsonaro e mais. Leia nesta edição
Clique e Assine

Na sequência, ao cruzar os dados do comportamento da Covid-19 no município, a quantidade de leitos na região e no próprio hospital, é possível aferir se o hospital está em situação crítica (quantidade de leitos e itens menor do que a necessária para atender os pacientes) ou não. A plataforma busca ainda equilibrar os estoques, estimulando a colaboração entre os hospitais de uma mesma região.

“A plataforma realiza uma gestão inteligente dos suprimentos médicos. Por meio dela, esperamos auxiliar os hospitais em seu processo de compra visando a atender de forma mais efetiva toda a população”, afirma Rafael Barbosa, CEO da Bionexo.

Continua após a publicidade
Publicidade