Clique e assine a partir de 9,90/mês
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Evandro Éboli, Mariana Muniz e Manoel Schlindwein. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Bancada do Rio vai fiscalizar término de concessão da BR-101

Deputados federais do estado devem criar comissão externa para acompanhar conversas entre Ministério da Infraestrutura e Arteris

Por Mariana Muniz - Atualizado em 9 jul 2020, 13h17 - Publicado em 9 jul 2020, 14h39

A bancada federal do Rio de Janeiro criará uma comissão externa para acompanhar as conversas entre o Ministério da Infraestrutura e a empresa Arteris, para encerramento do contrato de concessão da BR-101, trecho de 320 quilômetros entre a ponte Rio-Niterói até a divisa com o Espírito Santo.

A resolução foi acertada nesta quarta-feira em reunião por videoconferência com o ministro da Infraestrutura, Tarcísio Freitas, o coordenador da bancada no Congresso Nacional, Sargento Gurgel (PSL), e os deputados federais Wladimir Garotinho (PSD), Marcão Gomes (PL) e Christino Áureo (PP).

A concessão da rodovia foi iniciada em fevereiro de 2008 e deveria durar até 2033. No trecho do Estado do Rio de Janeiro, ela liga as cidades de Campos dos Goytacazes, Conceição de Macabu, Quissamã, Carapebus, Macaé, Rio das Ostras, Casimiro de Abreu, Silva Jardim, Rio Bonito, Tanguá, Itaboraí, São Gonçalo e Niterói.

Publicidade