Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Auxílio-moradia a Secretário de Segurança de SP pega mal na PM

Não pegou bem entre os policiais militares

Caiu como uma bomba na Polícia Militar de São Paulo a informação de que o secretário de Segurança Mágino Alves Barbosa Filho recebe auxílio-moradia do Ministério Público mesmo estando afastado de suas funções há dois anos.

Promotor de carreira, Barbosa recebe legalmente cerca de 4 377 reais de auxílio. 

Entre os PM’s, a notícia causou desânimo. Isso porque a classe vem tentando um aumento salarial há tempos e só neste ano o governador Geraldo Alckmin e sua claque liberaram o reajuste em 4%. Barbosa, inclusive, chegou a declarar que o aumento era “muito bom”.

Apenas de auxílio-moradia, o secretário recebe mais do que boa parte da Polícia Militar.

O deputado Major Olímpio (SD-SP) cogitou entrar com uma representação contra Barbosa na Procuradoria-Geral de São Paulo.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

  1. ces micelato

    Infelizmente segue o padrão no País. O mau exemplo vem de cima. Pode ser legal mas é imoral. Policiais ganham em média 3.000 reais por mês para arriscarem a vida enquanto o secretário recebe um calor muito maior, vive cercado de seguranças e agora está revelação sobre este auxílio. E o pior é que ele tem pouco ou nenhum respeito pela tropa que comanda, pregando austeridade….

    Curtir