Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia e Mariana Muniz. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Auxiliar de Bolsonaro deve ser indiciado por racismo no Senado

Filipe Martins prestou depoimento, contou sua versão dos fatos, mas não convenceu ninguém

Por Robson Bonin Atualizado em 9 abr 2021, 10h49 - Publicado em 8 abr 2021, 19h30

No depoimento à Polícia do Senado, na quarta, o auxiliar de Jair Bolsonaro no Planalto, Filipe Martins, tentou manter perante os investigadores a versão de que estaria apenas ajustando o terno quando fez o gesto supremacista atrás do presidente da Casa, Rodrigo Pacheco. Como ninguém acreditou na conversa de Martins, ele será indiciado por crime de racismo.

Leia também:

  • O longo caminho do centro para definir alternativa a Lula e Bolsonaro.
  • No pior momento da pandemia, as igrejas evangélicas permanecem lotadas.
  • Covid-19: mortes e internações caem entre vacinados, aponta levantamento exclusivo.
  • Janot está na mira do Supremo, do STJ e do Tribunal de Contas da União.
  • Acusações do passado envolvem ONG administrada por Flávia Arruda.
  • O mal dentro de casa: a rotina de violência que resultou na morte de Henry.
  • Com leilão de aeroportos, governo tem sopro de renovação na área econômica.
Publicidade