Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Aumenta na América Latina o temor com corrupção e suborno, diz pesquisa

Estudo da Kroll mostrou que 52% acham que riscos aumentaram neste ano

Por Lucas Vettorazzo Atualizado em 14 jul 2021, 14h00 - Publicado em 15 jul 2021, 10h30

Uma pesquisa da Kroll, empresa de análise de riscos e governança corporativa, mostrou que a América Latina é a região no mundo com a maior percepção de que os riscos de corrupção estão mais altos este ano do que em relação ao ano passado. 

Segundo o estudo, 52% dos que vivem na região acham que os riscos da ocorrência de crimes do tipo é maior neste ano do que em 2020. O percentual latinoamericano é maior, por exemplo, do que o observado na Europa, onde 46% acreditam que os riscos de corrupção são maiores do que no ano anterior, e na Ásia, com 42% de locais com essa percepção.

Segundo a Kroll, os contratos de emergência para o combate à pandemia de Covid-19 aumentaram a percepção da população com relação ao aumento dos riscos de práticas ilegais. 

Essa percepção, diz o estudo, foi mais forte na América Latina justamente depois da última década em que o combate aos desvios de recursos públicos deu o tom das discussões políticas na região, principalmente no Brasil, com a Lava Jato.    

Continua após a publicidade
Publicidade