Clique e Assine por somente R$ 2,50/semana
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Evandro Éboli, Mariana Muniz e Manoel Schlindwein. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Atuante opositor da ditadura, Alencar Furtado morre aos 96 anos

Ligado ao MDB 'autêntico', teve seu mandato cassado pelo governo militar

Por Evandro Éboli Atualizado em 11 jan 2021, 10h53 - Publicado em 11 jan 2021, 10h55

O ex-deputado federal Alencar Furtado, que era ligado ao grupo “autêntico” do velho MDB, morreu nesta madrugada, aos 96 anos.

Ele foi também un dos fundadores do PSB e teve atuação destacada no enfrentamento à ditadura.

Foi duas vezes deputado pelo MDB e teve seu mandato cassado em 1977. Chegou a líder do partido.

Com a anistia, se elegeu novamente parlamentar, agora pelo PMDB, em 1982.

Com a eleição de Tancredo Neves, em 1985, se indispôs com setores de seu partido e chegou a disputar a presidência da Câmara contra Ulysses Guimarães.

Furtado morreu no seu apartamento, em Brasília, em decorrência de problemas renais e cardíacos. Sem qualquer relação com Covid.

 

Continua após a publicidade
Publicidade