Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

As quarenta perguntas de Moro para Bolsonaro no inquérito do STF

Presidente ainda irá responder se deseja depor ou ficar em silêncio na investigação sobre interferência na corporação

Por Robson Bonin Atualizado em 7 ago 2020, 09h39 - Publicado em 7 ago 2020, 06h03

Jair Bolsonaro ainda não respondeu ao Supremo Tribunal Federal se pretende depor no inquérito que investiga interferência dele na Polícia Federal, mas a defesa de Sergio Moro já tem pelo menos 40 perguntas formuladas para apertar o presidente sobre detalhes inéditos do que se passou no governo no período em que o ex-ministro atuava para segurar as investidas ilegítimas do Planalto na corporação.

No início de julho, o procurador-geral da República, Augusto Aras, pediu que Bolsonaro fosse intimado a responder se desejaria falar no processo por escrito, depor presencialmente a um delegado ou exercer o direito de permanecer calado. Diante do misterioso questionário de Moro, será que Bolsonaro topa a briga?

ASSINE VEJA

A nova Guerra Fria Na edição desta semana: como a disputa entre Estados Unidos e China pode ser vantajosa para o Brasil. E mais: ‘Estou vivendo o inferno’, diz Marcelo Odebrecht
Clique e Assine
Publicidade