Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

As dívidas do Detran do Rio com prestadores de serviços

Alvo de constante disputa política, órgão mantem pagamentos atrasados a fornecedores

Por Mariana Muniz Atualizado em 3 mar 2021, 18h38 - Publicado em 2 mar 2021, 14h30

As dívidas do Detran do Rio com prestadores de serviços já somam aproximadamente 70 milhões de reais. Há casos em que os atrasos de pagamento chegam a um ano.

Alguns fornecedores ameaçam suspender suas atividades nos próximos dias, o que pode agravar ainda mais os problemas de atendimento à população, atingido pela greve dos funcionários que terminou na última sexta.

Enquanto isso, aumenta a pressão política para que o comando do departamento seja alterado — pela sétima vez desde o início do governo Witzel-Castro. Altineu Côrtes, presidente estadual do PL, trabalha fortemente nos bastidores para que o governador em exercício entregue o Detran ao partido.

O atual presidente do Detran do Rio, Adolpho Konder, acaba de completar cinco meses à frente do cobiçado órgão.

ATUALIZAÇÃO, ÀS 18H38 de 03 de março de 2021: O deputado Altineu Cortes procurou o Radar para dizer que o partido tem uma boa relação com o governador Cláudio Castro, mas não participa do governo e não tem qualquer interesse neste tipo de indicação.

Continua após a publicidade
Publicidade