Assine VEJA a partir de R$ 9,90/mês.
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Evandro Éboli, Mariana Muniz e Pedro Carvalho. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Articuladora de motim no MEC segue no cargo

Bruna Luiza Becker segue na pasta

Por Maria Clara Vieira - 12 mar 2019, 06h28

Em edição extra do “Diário Oficial da União”, o governo Bolsonaro exonerou seis nomes que ocupavam cargos do alto escalão do Ministério da Educação – dos quais três eram diretamente ligados a Olavo de Carvalho.

A assessora especial do ministro, Bruna Luiza Becker, está entre os seguidores do filósofo que permaneceram ligados à pasta.

Bruna, que é ex-namorada do assessor internacional Filipe Martins, foi apontada como articuladora do motim anti-Vélez que se instalou no MEC na tarde de hoje.

 reprodução/Reprodução

Publicidade