Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Aplicaram o golpe em Delcídio

Uma assessoria de imprensa procurou hoje alguns dos maiores veículos de comunicação do país para anunciar que amanhã o senador Delcídio Amaral iria apresentar, numa entrevista coletiva, “uma descoberta científica que revolucionará de forma definitiva, os meios de escrita, transmissão de dados, internet, diminuindo a distância entre as diversas nações do mundo”. O comunicado continuava: […]

Por Da Redação Atualizado em 31 jul 2020, 16h34 - Publicado em 26 out 2009, 19h40

Uma assessoria de imprensa procurou hoje alguns dos maiores veículos de comunicação do país para anunciar que amanhã o senador Delcídio Amaral iria apresentar, numa entrevista coletiva, “uma descoberta científica que revolucionará de forma definitiva, os meios de escrita, transmissão de dados, internet, diminuindo a distância entre as diversas nações do mundo”.

O comunicado continuava: “Trata-se da ‘fórmula matemática da linguagem’, que permite que você leia em seu idioma e comece a falar em inglês de forma instantânea (…) Esta ferramenta permitirá a qualificação do povo brasileiro para receber a Copa de 2014 e as Olimpíadas de 2016 em apenas 12 meses, a partir deste lançamento”.

Para finalizar, dizia que o método concluia “trabalhos iniciados pelo ‘maior linguista vivo do planeta’, o acadêmico do M.I.T. (Massachusetts Institute of Technology) o PHD Avram Noam Chomsky”.

Pois é, parece pegadinha… E é. Pegadinha com Delcídio.

Delcídio ficou surpreso ao saber da divulgação do evento e contou à coluna há pouco que foi procurado em seu gabinete por um dos supostos responsáveis pela descoberta, que o convidou então para ir ao restaurante onde ocorreria a coletiva amanhã.

Mas Delcídio iria como convidado, não como palestrante. O senador achava até que poderia haver alguma lógica na história, mas foi informado apenas superficialmente sobre o método:

– É um negócio inacreditável, uma barbaridade. Como vou apresentar isso? Eu fui convidado. É uma piada, uma situação é de ruborizar Salvador Dalí. Agora nem como convidado eu vou mais.

Continua após a publicidade

Publicidade