Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Anvisa quer que homens gays esperem 1 ano após sexo para doar sangue

Para a Anvisa, homens que fizeram sexo com outro homem devem esperar pelo menos 12 meses antes de poderem doar sangue. A agência se manifestou nesta quarta em ação do PSB que corre no STF e pede a derrubada da norma do Ministério da Saúde. De acordo com o partido, exigir o prazo de 12 […]

Por Da Redação Atualizado em 30 jul 2020, 22h26 - Publicado em 23 jun 2016, 19h10
fff

Anvisa: só depois de 12 meses

Para a Anvisa, homens que fizeram sexo com outro homem devem esperar pelo menos 12 meses antes de poderem doar sangue.
A agência se manifestou nesta quarta em ação do PSB que corre no STF e pede a derrubada da norma do Ministério da Saúde.
De acordo com o partido, exigir o prazo de 12 meses não é um proteção ao sistema de saúde, e sim uma discriminação contra homens gays, uma vez que não há prazo para que heterossexuais doam sangue após sexo com seus parceiros regulares.
A Anvisa, por sua vez, coloca os gays em grupos de riscos, que incluem também usuários de drogas e profissionais do sexo. Por isso pede 12 meses antes de qualquer doação.
O caso será julgado no próximo semestre e o relator da matéria é o ministro Edson Fachin.
Publicidade