Clique e Assine por somente R$ 2,50/semana
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Evandro Éboli, Mariana Muniz e Manoel Schlindwein. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Alvo de operações da PF, TJBA recebe elogios do CNJ por ‘produtividade’

Tribunal é recordista de produtividade em ano marcado pela pandemia.

Por Manoel Schlindwein Atualizado em 13 jan 2021, 11h15 - Publicado em 13 jan 2021, 18h32

Dados do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) apontam um recorde de produtividade no Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA). O local, destino frequente de viaturas da Polícia Federal, registrou em 2020 mais de 24,5 milhões de atos. Desse total, mais de 1 milhão se refere a sentenças e acórdãos proferidos e 654.026 dizem respeito a decisões. Já o número de despachos, ultrapassa a casa dos 2,2 milhões.

Os números não passaram despercebidos do CNJ, que o elevou ao posto de primeiro colocado entre os tribunais de médio porte mais produtivos do país. Se considerar todos os atos, o Judiciário baiano ocupa o segundo lugar, também em relação aos tribunais de médio porte.

Publicidade