Assine VEJA a partir de R$ 9,90/mês.
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Evandro Éboli, Mariana Muniz e Pedro Carvalho. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Efeito Lula — Aliados aconselham Bolsonaro a mudar discurso sobre a Globo

Ideia é não chamar a emissora de petista; Bolsonaristas temem que uma postura moderada de Lula “jogue a Globo no colo da esquerda”

Por Robson Bonin - Atualizado em 8 nov 2019, 20h54 - Publicado em 8 nov 2019, 20h49

Jair Bolsonaro foi aconselhado por aliados a mudar o discurso contra a Globo.

Na avaliação dos bolsonaristas, “para não jogar a Globo no colo da esquerda”, o presidente deveria parar de chamar a emissora de petista.

A estratégia foi discutida nesta tarde, depois que o núcleo palaciano acompanhou os primeiros passos de Lula fora da cadeia.

A exemplo de Bolsonaro, Lula também atacou a emissora. “O momento agora é de deixar Lula xingando a todos e a tudo”, diz um interlocutor palaciano.

Publicidade

Os bolsonaristas argumentam que não querem dar motivos ou estimular uma aproximação da emissora com petistas, caso Lula decida adotar um discurso mais ao centro — isso mesmo, os bolsonaristas não descartam a versão “Lulinha Paz e Amor”.

Em tempo, Bolsonaro pode deixar de usar o PT para atacar a emissora, mas não deixará de bater porque “dá Ibope” criticar a empresa.

Publicidade