Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

‘Aliado’ de Dilma: ‘teria cassado o mandato dela outras 500 vezes’

Fabio Ramalho: 'ela me acha golpista, e eu acho ela a pior presidente da história do Brasil'

Por Gabriel Mascarenhas 10 ago 2018, 09h32

Uma parte significativa do MDB de Minas Gerais trabalha ferozmente com o objetivo de levar o partido para o palanque do petista Fernando Pimentel.

O deputado Fabio Ramalho integra essa ala de emedebistas que defendem a aliança com o PT. Apesar de Dilma Rousseff, que ele ajudou a derrubar do Palácio do Planalto.

A excelência deixa claro que, mesmo fechado com Pimentel, jamais pediria votos para a ex-presidente, candidata ao Senado neste ano.

“Eu teria cassado o mandato dela outras 500 vezes. Resumindo, é assim: ela me acha golpista, e eu acho ela a pior presidente da história do Brasil”, conclui Ramalho.

Ao fim, porém, tanto o deputado quanto Dilma dificilmente terão o desprazer de dividir o palanque. MDB e PT não deverão caminhar juntos em Minas.

Continua após a publicidade
Publicidade