Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Aliado de Bolsonaro, líder armamentista pede voto para defensores da causa

Derrota de Donald Trump assustou a turma da bala, receosa com possível de derrota de Bolsonaro em 2022

Por Evandro Éboli Atualizado em 12 nov 2020, 00h05 - Publicado em 12 nov 2020, 10h32

Amigo de Eduardo Bolsonaro, o principal líder armamentista do país, o advogado Marcos Pollon, faz campanha para candidatos a favor dessa causa nessas eleições.

Em vídeo, dá dicas para identificar um ‘aliado’. Ele recomenda protesto em frente à casa de desarmamentistas, lista os partidos do “contra” e pede empenho pela turma da bala.

A derrota de Donald Trump assustou os belicosos, como Pollon.

“Colocaram um comunista no poder lá. Isso não podo acontecer aqui em 22, ou perderemos tudo”, acredita.

Continua após a publicidade
Publicidade