Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Além dos R$ 15, senador tentou esconder R$ 3,1 mil em outra parte da cueca

Chico Rodrigues apresentou valores em espécie com 'bastante raiva', segundo representação da PF

Por Mariana Muniz Atualizado em 15 out 2020, 17h01 - Publicado em 15 out 2020, 16h56

As informações prestadas pela Polícia Federal ao ministro Luís Roberto Barroso, do STF, dão conta de que o senador Chico Rodrigues não escondeu apenas 15 mil reais a cueca — mas 18.150 mil reais.

Segundo a PF, após a localização de valores em espécie nas “vestes íntimas” do ex-vice-líder do governo Bolsonaro no Senado, os valores foram apresentados ao escrivão para serem apreendidos.

“Já na sala de sua residência, onde se concentravam os trabalhos cartorários dessa equipe policial, o senador foi indagado se havia consigo mais alguma quantia de valores em espécie. Ao ser indagado pela terceira vez, com bastante raiva, o Senador CHICO RODRIGUES enfiou a mão em sua cueca, e sacou outros maços de dinheiro, que totalizaram a quantia de R$ 17.900,00”, narra a representação.

Diante da “insistência” do senador em esconder dinheiro na cueca, os policias fizeram uma nova “busca pessoal” e acharam mais 250 reais escondidos no local.

Ao ministro, a PF diz que tem um vídeo da segunda busca pessoal, mas que “considerando a forma como os valores foram escondidos pelo Senador CHICO RODRIGUES bem no interior de suas vestes íntimas”, deixaria de reproduzir as imagens para “não gerar maiores constrangimentos”.

Continua após a publicidade
Publicidade