Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Alckmin desmente fake news e nega apoio ao PT no segundo turno

"Isso não existe"

Geraldo Alckmin acabou de gravar um vídeo em que nega um boato que está circulando nas redes sociais de que ele e o PSDB apoiariam Fernando Haddad em um eventual segundo turno contra Jair Bolsonaro.

“Isso não existe! Nós somos contra o PT e contra Bolsonaro. O país só perde com esses radicalismos”, disse.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

  1. Carlos Aurélio

    Chora, neném

    Curtir

  2. Carlos Aurélio

    Cadê a marciana?

    Curtir

  3. Carlos Aurélio

    Sumiu? kkkkk

    Curtir

  4. Carlos Aurélio

    É a propina, cara. A propina!

    Curtir

  5. Carlos Aurélio

    Estúpido

    Curtir

  6. Jose Oliveira Martins

    Está certo em não apoiar o PT. Todavia está errado se apoiar qualquer outro que seja socialista ou comunista. O PT ganhou as eleições por afastamento da ” classe média” que estava com raiva do FHC. No entanto agora, nos dias atuais, a classe média acordou e nunca mais o socialismo ou comunismo assombrará a Nação Brasileira e seu POVO. Abaixo a corrupção e os corruptos de todos os níveis. Cadeia neles. Adeus PT, petralhas e adjacentes. Simples assim.

    Curtir

  7. Tem certeza que é fake news? OK. Vou fingir que acredito no candidato. Mas se não vai apoiar um nem outro, então o PSDB vai se omitir sobre os destinos do país? Vai se omitir de evitar o pior? Xeque mate! O partido não está preokupado com o país, mas apenas consigo mesmo. Alguma surpresa? Mas, como eu não nasci ontem, tenho certeza de que o PSDB vai embarcar no “bonde” do Lula para conquistar a “boca” e dividir o lucro com os “mano”.

    Curtir