Clique e assine com 88% de desconto
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Evandro Éboli, Mariana Muniz e Pedro Carvalho. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

AGU demite procurador que ganhava R$ 26 mil sem trabalhar

Denúncia foi feita pelo Radar em 2018

Por Ernesto Neves - 18 abr 2019, 07h19

A Advocacia-Geral da União demitiu na última quarta (17) o procurador Sandro Alex de Souza Simões por abandono de cargo.

Com salário de R$ 26 mil, Simões morava há três anos em Lisboa com licença remunerada.

O caso foi revelado pelo Radar em abril de 2018. Na época, o procurador estava em busca de emprego na capital portuguesa. Ele dizia estar licenciado para estudos em Portugal.

Publicidade