Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Advogado pede mais tempo para defesa de Cabral

'Trabalho sobre-humano'

Por Ernesto Neves Atualizado em 15 ago 2017, 18h02 - Publicado em 14 ago 2017, 15h31

A defesa do ex-governador Sergio Cabral pediu ao juiz Marcelo Bretas, responsável pela primeira instância da Lava-Jato, que estenda o prazo para a entrega de documentos na ação decorrente da Operação Calicute.

Réu em 14 ações, Cabral teria que apresentar a documentação de defesa até o dia 16. “Considerada a extensão da peça ministerial no presente processo (300 laudas) e a necessidade de nova análise de toda a prova nos três casos, a defesa técnica não se julga capaz, porque sobre-humano, de cumprir com o determinado no prazo assinado”, escreveu o advogado Luciano Saldanha.

A Operação Calicute foi deflagrada no dia 7 de novembro de 2016. Ela investiga esquemas de corrupção que teriam a participação de Cabral e da mulher, Adriana Ancelmo, na construção do Arco Metropolitano, na urbanização da favela de Manguinhos e na reforma do Maracanã. 

Segundo o Ministério Público, teriam sido desviados ao menos R$ 320 milhões nestas obras.

Continua após a publicidade
Publicidade