Clique e assine a partir de 9,90/mês
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Evandro Éboli, Mariana Muniz e Manoel Schlindwein. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Ações para fortalecer democracia na América Latina terão 16 milhões

Organizações e movimentos sociais da região receberão incentivos entre 2020 e 2023.

Por Manoel Schlindwein - Atualizado em 12 ago 2020, 19h51 - Publicado em 12 ago 2020, 18h32

Uma iniciativa quer trazer mais vozes para as democracias latino-americanas. O projeto Pulsante, uma parceria entre a Luminate, a Fundação Avina e a Open Society Foundation, investirá cerca de 16 milhões de reais em ações de grupos tradicionalmente excluídos dos debates. A proposta é financiar e apoiar projetos de entidades que lutam pela manutenção da democracia na região.

Por conta da pandemia, um Fundo de Resposta Rápida (FRR) será destinado ao apoio de campanhas que facilitem respostas a emergências sociais vinculadas aos direitos humanos. Na sequência, outras propostas serão anunciadas. As inscrições foram abertas nesta quarta-feira no site do projeto.

Segundo Rafael Georges, representante da Luminate no Brasil, “a sociedade civil na América Latina tem um imenso potencial inovador, revelado ao longo das últimas décadas. Queremos fomentar o que há de novo e inclusivo nos dias de hoje, para termos democracias mais fortes e representativas na região”.

Publicidade