Clique e assine a partir de 9,90/mês
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Evandro Éboli, Mariana Muniz e Manoel Schlindwein. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Abertura de agências do INSS é transferida para 3 de agosto

Abertura de agências poderia levar a aglomerações de idosos na pandemia

Por Robson Bonin - Atualizado em 8 jul 2020, 10h42 - Publicado em 8 jul 2020, 09h03

Previsto para retornar no dia 13, o atendimento presencial nas agências do INSS, como o Radar mostra na edição de VEJA que está nas bancas, foi adiado pelo governo por causa do avanço da pandemia.

O órgão continuará em trabalho remoto até, pelo menos, 3 de agosto, quando a situação será novamente reavaliada.

ASSINE VEJA

Governo Bolsonaro: Sinais de paz Leia nesta edição: a pacificação do Executivo nas relações com o Congresso e ao Supremo, os diferentes números da Covid-19 nos estados brasileiros e novas revelações sobre o caso Queiroz
Clique e Assine

O fechamento das agências do INSS acaba funcionando como barreira para que milhares de brasileiros solicitem a aposentadoria. Por outro lado, a abertura das repartições nesse momento levaria a uma corrida de idosos e a aglomeração aos postos de atendimento, o que colocaria em risco a vida dos potenciais beneficiários da Previdência.

Publicidade