Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

A validade reforçada do passaporte diplomático de Weintraub

Ex-ministro que se dizia crítico das mamatas de Brasília terá seu documento privilegiado por muito tempo fora do cargo

Por Mariana Muniz Atualizado em 26 jun 2020, 09h55 - Publicado em 26 jun 2020, 09h12

Fetiche da oposição, o passaporte diplomático do ex-ministro da Educação Abraham Weintraub só vencerá em 31 de dezembro de 2022.

O governo não deve cancelar o documento, o que só ocorrerá se o próprio Ministério da Educação decidir acionar o Itamaraty para que invalide a carta.

ASSINE VEJA

Wassef: ‘Fiz para proteger o presidente’ Leia nesta edição: entrevista exclusiva com o advogado que escondeu Fabrício Queiroz, a estabilização no número de mortes por Covid-19 no Brasil e os novos caminhos para a educação
Clique e Assine
Publicidade