Clique e Assine por somente R$ 2,50/semana
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Evandro Éboli, Mariana Muniz e Manoel Schlindwein. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

A reconciliação

A propósito do Plano Agrícola e Pecuário 2012-2013, coisas estranhas aconteceram ontem na cerimônia. Mendes Ribeiro, Kátia Abreu e Dilma Rousseff falaram a mesma língua na sequência de discursos. A afinidade do trio em defesa do fortalecimento da agricultura, com aumento de recursos e redução na taxa de juros, impressionou até mesmo os parlamentares da […]

Por Da Redação Atualizado em 31 jul 2020, 08h29 - Publicado em 29 jun 2012, 17h01

Discurso combinado

A propósito do Plano Agrícola e Pecuário 2012-2013, coisas estranhas aconteceram ontem na cerimônia. Mendes Ribeiro, Kátia Abreu e Dilma Rousseff falaram a mesma língua na sequência de discursos.

A afinidade do trio em defesa do fortalecimento da agricultura, com aumento de recursos e redução na taxa de juros, impressionou até mesmo os parlamentares da bancada ruralista do Congresso.

Kátia, aliás, chegou a elogiar a atuação de Izabella Teixeira na Rio+20, provocando piadas entre os parlamentares no Congresso:

— Não é que a Kátia virou ambientalista ou que a Izabella mudou para o agronegócio: as duas estão no centro.

Brincadeiras à parte, ficou evidente o movimento do governo para promover uma reconciliação com o setor agrícola “essencial”, segundo Dilma, para o país fazer o enfrentamento da crise internacional.

Continua após a publicidade
Publicidade