Clique e assine a partir de 8,90/mês
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Evandro Éboli, Mariana Muniz e Manoel Schlindwein. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

A posição de Aras em meio ao tiroteio entre os poderes

PGR tem confidenciado a aliados sua opinião sobre neutralidade

Por Robson Bonin - 6 jun 2020, 10h35

Nesse tiroteio entre Jair Bolsonaro e os demais poderes, o chefe da PGR, Augusto Aras, tem dito a aliados que não será “juiz” de conflitos entre Executivo, Legislativo e Judiciário: “A PGR tem neutralidade constitucional. Não vou romper com isso”.

 

Publicidade