Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

A missão do novo ministro das Comunicações do governo

Tarefa nada fácil, mesmo para o genro de um dos empresários mais conhecidos da TV brasileira

Por Robson Bonin Atualizado em 13 jun 2020, 18h24 - Publicado em 13 jun 2020, 18h15

Ao escolher o deputado Fábio Faria, genro de Silvio Santos, para comandar o Ministério das Comunicações, pasta recriada nesta semana, Jair Bolsonaro deu algumas missões ao novo ministro.

A mais complicada delas? Levantar a audiência da EBC, a emissora estatal que virou cabide de empregos para militares.

Faria terá um grande desafio, já que o próprio governo contribui para sucateamento do canal, impondo seguidas regras de controle ao jornalismo praticado e delegando a condução técnica da comunicação a estranhos na área.

ASSINE VEJA

Os desafios dos estados que começam a flexibilizar a quarentena O início da reabertura em grandes cidades brasileiras, os embates dentro do Centrão e a corrida pela vacina contra o coronavírus. Leia nesta edição.
Clique e Assine
Continua após a publicidade

Publicidade