Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

A ministra “sem noção”

Veja como a vida de ministra da Articulação também não é fácil. Dilma Rousseff costuma tratar Ideli Salvatti pelo apelido carinhoso de “sem noção” no dia-a-dia do Planalto. Quando fica sabendo das travessuras da base aliada pela imprensa (como a rejeição de Bernardo Figueiredo na ANTT, por exemplo), Dilma pergunta: — Cadê a minha ministra […]

Por Da Redação Atualizado em 31 jul 2020, 08h26 - Publicado em 9 jul 2012, 09h59

“Cadê a minha ministra da Desarticulação?”

Veja como a vida de ministra da Articulação também não é fácil. Dilma Rousseff costuma tratar Ideli Salvatti pelo apelido carinhoso de “sem noção” no dia-a-dia do Planalto. Quando fica sabendo das travessuras da base aliada pela imprensa (como a rejeição de Bernardo Figueiredo na ANTT, por exemplo), Dilma pergunta:

— Cadê a minha ministra da Desarticulação? Por que eu nunca sei de nada antes da imprensa?

(Atualização, às 18h29. O porta-voz da Presidência, Thomas Traumann, enviou a seguinte nota: “Informo que são inverídicas as frases atribuídas à presidenta Dilma Rousseff. A nota desrespeita a  ministra Ideli Salvatti.  A presidenta Dilma Rousseff considera  a ministra Ideli Salvatti uma colaboradora competente e com excelentes serviços prestados ao governo”.)

Continua após a publicidade

Publicidade