Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

A dona da cadeira

Na reunião em que decidiu peitar o deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ), que queria porque queria indicar o presidente de Furnas, Dilma Rousseff, irritada, disse aos interlocutores: “Na minha cadeira, ele não vai sentar���. As orelhas de Cunha ardem até agora.

Por Da Redação Atualizado em 31 jul 2020, 12h56 - Publicado em 5 fev 2011, 03h31

Ao ataque – Dilma: encarando Eduardo Cunha

Na reunião em que decidiu peitar o deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ), que queria porque queria indicar o presidente de Furnas, Dilma Rousseff, irritada, disse aos interlocutores: “Na minha cadeira, ele não vai sentar”. As orelhas de Cunha ardem até agora.

Publicidade