Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

A 40 dias do Réveillon, 78% do hotéis do Rio já estão reservados

Com dólar e passagens caras, maioria dos turistas será de brasileiros, famosos por fecharem pacotes em cima da hora

Por Lucas Vettorazzo Atualizado em 22 nov 2021, 16h49 - Publicado em 22 nov 2021, 16h30

Faltam 40 dias para o primeiro Réveillon em que a maioria da população do país estará totalmente vacinada contra a Covid-19. Neste momento, 78% dos hotéis da capital do Rio de Janeiro já estão reservados para a festa da virada.

Com o real desvalorizado e as passagens aéreas caras, os brasileiros, que são famosos por reservarem em cima da hora, viajarão mais para destinos nacionais. A tendência é que os percentuais de ocupação aumentem nas próximas semanas. O prefeito do Rio, Eduardo Paes, disse que haverá a tradicional queima de fogos da praia de Copacabana desde que a pandemia estivesse sob controle.  

Em algumas regiões da cidade, o percentual de quartos reservados atualmente é maior, casos de Barra da Tijuca e São Conrado (86%) e os bairros de Flamengo e Botafogo (82%).  

Locais mais próximos da festa em Copacabana estão agora com índice de reservas mais baixos do que a média geral. 

Copacabana e Leme têm 75% dos quartos ocupados, enquanto os vizinhos Ipanema e Leblon têm 73%. No centro, um pouco mais distante da celebração e com ofertas de hotéis mais voltados para o turismo de negócios, a ocupação também é de 73%

Os dados foram coletados pela a Hotéis Rio, o sindicato da rede hoteleira da capital fluminense.

Continua após a publicidade

Publicidade