Clique e assine com até 92% de desconto
Radar Por Gabriel Mascarenhas (interino) Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Evandro Éboli, Mariana Muniz e Manoel Schlindwein. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

41% dos comércios de SP não tiveram uma venda sequer na última semana

Pesquisa ouviu 22 mil pequenos empreendedores entre os dias 18 e 23 de março

Por Manoel Schlindwein 1 abr 2020, 06h09

A SumUp, fintech de soluções de pagamento, realizou pesquisa entre microempreendedores de todas as regiões brasileiras, entre os dias 18 e 23 de março, para entender os impactos financeiros da Covid-19.

Entre os 22 mil clientes da fintech que responderam ao questionário, atuantes em pequenos negócios de diversos segmentos, cerca de 90% afirmam que tiveram suas vendas impactadas pela nova doença.

Nas últimas semanas, 40% dos pequenos negócios apresentaram queda nas vendas e 43% dos clientes tiveram redução de 100% no volume de vendas.

O estado de São Paulo foi o mais afetado pela Covid-19 financeiramente: 42% dos negócios tiveram impacto na receita. Segundo levantamento do volume transacionado pela fintech, 41% dos pequenos negócios paulistas não fizeram vendas na última semana.

Em todo o Brasil, os segmentos mais afetados entre os pequenos negócios foram serviços de motorista e eventos. Entre esses, as quedas no volume de negócios foi de 96%.

Quando a SumUp avaliou o volume transacionado por tipo de negócio, entre a primeira e a terceira semana de março, percebeu que os mais impactados foram as academias e barbearias, com queda no volume financeiro em 55% e 54% respectivamente.

Continua após a publicidade
Publicidade