Clique e assine a partir de 9,90/mês
Radar Econômico Por Machado da Costa Análises e bastidores exclusivos sobre o mundo dos negócios e das finanças.

YDUQS, antiga Estácio, promete entrar na disputa por ativos da Laureate

Forte presença em mercados como São Paulo e Sul do País faz com que ativos da Laureate se tornem atraentes para concorrentes do ramo educacional

Por Felipe Mendes, Machado da Costa - Atualizado em 14 set 2020, 10h55 - Publicado em 14 set 2020, 10h07

A YDUQS, dona da rede de ensino superior Estácio, divulgou fato relevante na manhã desta segunda-feira, 14, em que promete entrar de cabeça na disputa pelos ativos da Laureate no Brasil. A multinacional que detém 50 campi universitários e atuação em sete estados brasileiros, com cerca de 267.000 estudantes matriculados, fechou um acordo avaliado em 4 bilhões de reais com o Grupo Ser Educacional na noite deste domingo 13. Agora, a Laureate tem um prazo de 30 dias para aceitar uma proposta final. Até lá, poderá receber investidas de concorrentes da Ser.

“Considerando a publicação da potencial transação de aquisição pela Ser Educacional dos ativos do Grupo Laureate no Brasil, conforme Fato Relevante publicado em 13 de setembro de 2020, a YDUQS está aprofundando o entendimento dos referidos ativos e acredita ter condições de apresentar proposta concorrente mais atraente dentro do prazo estabelecido”, diz trecho do comunicado assinado por Eduardo Haiama, diretor financeiro e relações com investidores da YDUQS.

+ Siga o Radar Econômico no Twitter

Publicidade