Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Radar Econômico Por Josette Goulart Análises e bastidores exclusivos sobre o mundo dos negócios e das finanças. Com Diego Gimenes.

Vale e BHP têm R$ 24 bilhões a receber da Samarco, sem direito a voto

Empresa de mineração entrou em recuperação judicial na sexta-feira depois que credores internacionais tentaram executar dívidas

Por Josette Goulart 12 abr 2021, 07h25

Vale e BHP são os maiores credores da Samarco, que pediu recuperação judicial, na sexta-feira. Juntas elas têm quase 24 bilhões de reais a receber da empresa, pouco menos da metade da dívida total que é de 50,5 bilhões de reais, segundo a lista de credores que o Radar Econômico teve acesso. O problema para as empresas, segundo advogados especialistas em recuperações judiciais, é que como são também as principais acionistas da companhia, não terão direito de voto em assembleia de credores que aprova o  plano de recuperação judicial. Isso significa que o destino da Samarco está nas mãos dos credores internacionais, que foram justamente os que levaram à empresa para a Justiça tentando antecipar pagamentos de dívidas. E na visão de alguns advogados, Vale e BHP  terão que capitalizar esses créditos por exigência dos credores, o que significa que “jamais” receberão de volta.

 

Publicidade