Clique e assine com até 92% de desconto
Radar Econômico Por Machado da Costa Análises e bastidores exclusivos sobre o mundo dos negócios e das finanças.

Sistema PIX inicia hoje com 734 instituições e 71 milhões de cadastros

Na operação de testes, 780 milhões de reais foram transacionados; BC considerou um sucesso

Por Machado da Costa Atualizado em 16 nov 2020, 10h01 - Publicado em 16 nov 2020, 09h21

O novo sistema de pagamentos criado pelo Banco Central, o PIX, inicia sua operação completa a partir desta segunda-feira, às 9h30. Cerca de 19 instituições não participaram dos testes durante o período de operação restrita e, portanto, voltaram à etapa de homologação, que será realizada a partir de 1º de dezembro. As demais 734 instituições terão o PIX disponível para toda a base de clientes a partir de hoje.

O BC conta que se encerrou o período de operação restrita, quando foram feitos os testes do sistema entre 3 a 15 de novembro. “Esse período serviu também para que todas as instituições aprovadas na etapa homologatória pudessem executar as funcionalidades em produção, ainda com um número limitado de usuários e grade horária diferenciada, possibilitando a implementação de ajustes finais de forma a garantir o pleno funcionamento a partir do lançamento amplo para a toda população”, diz em nota.

O Banco Central diz que até 15 de novembro, já haviam sido cadastradas mais de 71 milhões de chaves PIX e realizadas mais de 1,9 milhão de transações entre instituições diferentes, com um montante financeiro que ultrapassou 780 milhões de reais. A fase de operação foi considerada um sucesso pelo BC, que prevê que as transações serão mais simples a partir da Chave Pix ou da leitura de QR Code, possibilitando uma melhor experiência de pagamento à população e reduzindo erros que ocorrem quando a inserção de dados é feita de modo manual.

+ Siga o Radar Econômico no Twitter

Continua após a publicidade
Publicidade