Clique e Assine por somente R$ 2,50/semana
Radar Econômico Por Machado da Costa Análises e bastidores exclusivos sobre o mundo dos negócios e das finanças.

Reunião convocada às pressas por Bolsonaro envolveu plano de vacinação

O ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, apresentou aos colegas detalhes do cronograma de imunização no país

Por Victor Irajá Atualizado em 6 jan 2021, 14h05 - Publicado em 6 jan 2021, 11h38

Convocados às pressas pelo presidente Jair Bolsonaro para uma reunião na manhã desta quarta-feira, 6, os ministros presentes ouviram atualizações do chefe da Saúde, Eduardo Pazuello, do cronograma de vacinação no país. De acordo com membros do governo presentes ao encontro, o assunto premente envolveu o planejamento das campanhas para imunizar contra a Covid-19, e não as declarações polêmicas de Bolsonaro a respeito de o país estar quebrado. A presença do ministro da Economia, Paulo Guedes, chamou a atenção. Guedes interrompeu as férias para estar presente na reunião com a equipe.

Segundo membros do Ministério da Economia, a fala de Bolsonaro não foi interpretada como uma crítica à gestão de Guedes, mas como um desabafo envolvendo a grave situação das contas do país e a impossibilidade de se engendrar gastos como forma de aquecer a economia, numa sinalização ao respeito ao teto de gastos, contrariando alas mais gastadoras dentro do governo — inclusive, no próprio Palácio do Planalto. Nesta terça-feira 5, Bolsonaro havia se reunido com Pazuello e o ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo, para tratar sobre a importação de doses de imunizante.

+ Siga o Radar Econômico no Twitter

Publicidade