Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Radar Econômico Por Josette Goulart Análises e bastidores exclusivos sobre o mundo dos negócios e das finanças. Com Diego Gimenes.

Presidente do Senado: “Pelo amor de Deus, não promovam aglomerações”

Rodrigo Pacheco diz que país está à beira de uma terceira onda da Covid-19 que pode ser avassaladora

Por Josette Goulart 25 Maio 2021, 12h10

O presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), disse que está bastante preocupado com a chegada de uma terceira onda da Covid-19 e fez um apelo: “Não vamos subestimar a terceira onda. Peço à população que, pelo amor de Deus, não promova aglomerações”, disse o senador em evento do banco BTG Pactual no fim da manhã desta terça-feira, 25. “Não pode acontecer aglomerações neste momento. No meio de uma guerra e que não estamos conseguindo vencê-la, sob pena de proliferarmos uma terceira onda que seria avassaladora para nossa Nação.”

As declarações de Pacheco aconteceram minutos depois de uma reunião que o senador teve com o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga. Pacheco não fez menções a aglomeração promovida pelo presidente Jair Bolsonaro na cidade do Rio de Janeiro, no domingo. Nas redes sociais, os apoiadores do presidente já convocam uma motociata para a cidade de São Paulo no fim de semana, assim como também movimentos de oposição ao governo planejam manifestações em todo o país. 

Publicidade