Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês
Radar Econômico Por Josette Goulart Análises e bastidores exclusivos sobre o mundo dos negócios e das finanças. Com Diego Gimenes.

Nubank que vai a IPO não é brasileiro e tem um único acionista controlador

Empresa divulgou, nesta segunda-feira, detalhes da oferta global que pretende captar 3 bilhões de dólares

Por Josette Goulart Atualizado em 1 nov 2021, 16h26 - Publicado em 1 nov 2021, 11h55

O Nubank divulgou hoje o prospecto da oferta pública inicial de ações na bolsa americana Nyse e também no Brasil, quando pretende captar 3 bilhões de dólares. Mas a empresa que vai ao mercado não é o Nubank que o brasileiro conhece. A emissão será feita pela Nu Holdings, uma empresa com sede nas Ilhas Cayman e que é controlada basicamente por David Velez, o colombiano que fundou a empresa. O prospecto deixa bem claro, para quem for comprar os BDRs da empresa, que o Nu Holdings é uma empresa estrangeira e, portanto, não está sujeita à lei brasileira. Além disso, o prospecto também informa que mesmo depois da oferta global de ações, David Velez continuará como único acionista controlador com 86,2% das ações ordinárias em circulação, o que representa 75% do poder de voto do capital social da empresa.

*Correção. A versão anterior informava incorretamente que a oferta seria na Nasdaq.

Publicidade