Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês
Radar Econômico Por Josette Goulart Análises e bastidores exclusivos sobre o mundo dos negócios e das finanças. Com Diego Gimenes.

Nordeste vai bombar no verão

Azul projeta a maior malha de voos da história para a alta temporada na região

Por Diego Gimenes 13 out 2021, 17h20

A vacinação caminha a passos largos no Brasil e as companhias aéreas começam a mostrar seus planos para o verão, na alta temporada de viagens. Com algumas fronteiras ainda fechadas e o dólar nas alturas, a Azul vai apostar as fichas no Nordeste, naquela que será a maior malha da história da companhia na região. De Maceió, capital de Alagoas, por exemplo, vão partir 14 voos diários em média no período, contra apenas 5 no período pré-pandemia, um crescimento de quase 200%. Já de Pernambuco, serão 90 voos diários em média na alta temporada, um crescimento de quase 30% em relação ao último verão pré-pandemia. “Será uma operação sem precedentes, resultado de um investimento contínuo e crescente que a Azul vem realizando nos estados em parceria com as autoridades locais”, diz Marcelo Bento Ribeiro, diretor de relações institucionais da Azul. 

Somente em Recife, o segundo maior centro de conexões da companhia no país, serão 84 voos diários em média. Em todo o verão, serão 10 novas rotas operadas na capital pernambucana, cerca de 8 mil movimentos entre pousos e decolagens de aviões da empresa e uma oferta que deve atingir um milhão de assentos entre chegadas e partidas. Importante lembrar que, como grande ponto de conexão das malhas no Nordeste, o crescimento no Recife deve elevar a oferta de voos em toda a região.

Publicidade