Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês
Radar Econômico Por Josette Goulart Análises e bastidores exclusivos sobre o mundo dos negócios e das finanças. Com Diego Gimenes.

Ninguém sabe se a Evergrande pagou ou não e mercados reagem

VEJA Mercado: no Brasil, ainda tem inflação e falas de Bolsonaro para investidores reagirem

Por Josette Goulart Atualizado em 24 set 2021, 13h21 - Publicado em 24 set 2021, 09h11

VEJA Mercado | Abertura | 24 de setembro.

A semana começou e vai terminar com incertezas sobre a Evergrande, o gigante imobiliário chinês que contaminou os mercados mundiais. Nem os donos dos títulos da Evergrande sabem se ela pagou 84 milhões de dólares em juros que venciam ontem, quinta-feira. Os mercados futuros americanos caem por conta disto. Os mercados futuros americanos deram o direcionamento durante toda a semana do comportamento dos mercados, em especial do Ibovespa.

No Brasil, os investidores também estão de olho nos dados da inflação. A prévia do IPCA-15 de setembro ficou em 1,14%, acima da expectativa do mercado e acelerou em relação a agosto. Preocupa também o fato de o presidente Jair Bolsonaro ter pedido que  as pessoas tomem banho frio e não usem elevador para ajudar a economizar energia. Ou seja, a crise de energia parece só se agravar. Pelo menos, Bolsonaro disse em entrevista à Veja que não vai dar golpe e que vai deixar as eleições acontecerem.

Nos fatos relevantes, a Hapvida anunciou que levou o grupo HB por 650 milhões de reais.

*Correção. O dado do IPCA 15 na versão anterior estava incorreto. Nesta versão atualizada, já está corrigido.

+O que é Evergrande, que pode quebrar e contagiar o mundo inteiro?

 

Continua após a publicidade

Publicidade