Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Radar Econômico Por Josette Goulart Análises e bastidores exclusivos sobre o mundo dos negócios e das finanças

Morre João Aguiar Alvarez, conselheiro do Bradesco e neto de Amador Aguiar

Herdeiro de um dos maiores bancos privados da América Latina, João Aguiar Alvarez era referência na criação de nelore de elite

Por Felipe Mendes Atualizado em 8 jan 2021, 13h19 - Publicado em 8 jan 2021, 13h11

Faleceu nesta sexta-feira, 8, o agrônomo João Aguiar Alvarez, conselheiro do banco Bradesco e neto do fundador da instituição financeira Amador Aguiar (1904-1991). Alvarez tinha 60 anos e iniciou sua atividade profissional no banco em 1986. Era integrante do conselho de administração da instituição desde fevereiro de 1990. Titular da fazenda Valônia, que há três décadas se dedica à pecuária e fornece matrizes e reprodutores de alto nível para o mercado, Alvarez era considerado uma referência na criação de nelore no Brasil. “As maiores preocupações de João sempre foram: primeiro estruturar a propriedade, depois investir toda a energia em melhoramento genético selecionando com tecnologia e muito critério a sua seleção”, comunicou a fazenda Valônia. Alvarez era diretor da Associação dos Criadores de Nelore do Brasil (ACNB). O amor pela agropecuária, inclusive, foi cultivado e herdado por parte do avô Amador.

Publicidade