Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês
Radar Econômico Por Josette Goulart Análises e bastidores exclusivos sobre o mundo dos negócios e das finanças. Com Diego Gimenes.

Ministério Público pede para voltar a caso Odebrecht

Juiz da recuperação judicial havia entendido que não houve fraude na constituição das garantias da Braskem em favor de bancos

Por Josette Goulart Atualizado em 17 set 2021, 17h27 - Publicado em 17 set 2021, 17h26

O Ministério Público do Estado de São Paulo protocolou nesta sexta-feira no Tribunal de Justiça um recurso pedindo a revisão da decisão do juiz da recuperação judicial da Odebrecht que tirou o MP do processo e negou prosseguimento a apuração de possível fraude a credores nos empréstimos feitos por bancos e que tomaram a Braskem como garantia. O Ministério Público argumenta que é de interesse de todos os credores que haja a apuração de possível fraude, já que a venda da Braskem será revertida em favor dos bancos. “A afirmação contida na referida decisão – de regularidade das operações e ausência de intenção de lesar credores – se mostra precipitada e demanda melhor instrução probatória deste incidente, com prévia e detida análise técnica contábil, a ser realizada pelo Administrador Judicial – auxiliar do juízo – ou por meio de prova pericial.” 

Publicidade