Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Radar Econômico Por Josette Goulart Análises e bastidores exclusivos sobre o mundo dos negócios e das finanças

Ministério da Saúde libera novo centro de vacinas da Fiocruz após um ano

Pazuello permitiu a construção na última quinta-feira, 14

Por Machado da Costa Atualizado em 19 jan 2021, 09h39 - Publicado em 19 jan 2021, 09h36

O Ministério da Saúde liberou a construção de uma nova instalação para a produção de vacinas pela Fundação Oswaldo Cruz. Será o Novo Centro de Processamento Final (NCPFI) pelo Instituto de Tecnologia em Imunobiológicos Bio-Manguinhos/Fiocruz. O pedido feito pela Fundação em 21 de janeiro de 2020, antes da pandemia assolar o país. Na última quinta-feira, 14, o ministro Eduardo Pazuello liberou a construção do centro no distrito industrial da cidade de Santa Cruz, no interior do Rio de Janeiro. 

O pedido passou por três ministros diferentes do governo Bolsonaro: Henrique Mandetta, Nelson Teich, e, finalmente, Pazuello, que permitiu a construção.

O projeto será executado pela Integrated Project Services (IPS), uma empresa americana especializada em construir galpões sob medida para indústria farmacêutica. Os equipamentos da instalação, que custaram 860 milhões de reais, já estavam comprados desde 2018. Todo o projeto custará mais 2,6 bilhões de reais ao longo dos próximos 20 anos.

+ Siga o Radar Econômico no Twitter

Continua após a publicidade
Publicidade