Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Radar Econômico Por Josette Goulart Análises e bastidores exclusivos sobre o mundo dos negócios e das finanças. Com Diego Gimenes.

Minas Gerais é campeão em crimes ambientais, mostra estudo

Estado também é líder no número de empresas em lista suja do trabalho escravo

Por Josette Goulart 29 jul 2021, 11h05

Um estudo sobre como anda o ESG das empresas feito pela Neoway, uma das maiores empresa de análise de dados e big data da América Latina, mostra que é no estado de Minas Gerais onde as empresas mais cometem crimes ambientais e estão no topo do ranking da lista suja do trabalho escravo. O estudo não detalha quais empresas estão no topo da lista, mas foi em Minas Gerais que aconteceram os dois rompimentos de barragem ligados à mineradora Vale e que deixaram um rastro de mortes e destruição ambiental. 

Já o Rio Grande do Sul lidera como o estado em que o maior número de empresas estão com suas licenças ambientais irregulares. No país todo, são 37 mil empresas com licenças ambientais em situação irregular. Outro dado interessante do estudo é que o setor de varejo lidera o ranking tanto de licenciamento irregular, como de crimes ambientais.

+O que é ESG, a sigla que sacudiu os mercados

 

Continua após a publicidade
Publicidade